PUBLICIDADE
Prefeitura lança canal interativo com a população para enfrentar a Covid-19
26/01/2021 08:40 em Cataguases-MG e Região

 

Em  24 de janeiro de 2021 - Matéria retirada do Portal da Prefeitura Municipal de Cataguases-MG

A imagem da capa do site Multisom é meramente ilustrativa e foi retirada da própria matéria

 

A iniciativa faz parte do programa Combate – de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus – e convoca a sociedade para fiscalizar e contribuir com as ações de enfrentamento

Na última quinta-feira, dia 21, o prefeito José Henriques, juntamente com o secretário municipal de Saúde, Ricardo Mattos, e o diretor administrativo daquela pasta, Vinícius Franzoni, anunciaram o lançamento de um canal de comunicação entre cataguasenses e a Prefeitura para acolhimento de eventuais denúncias de irregularidades ou qualquer informação que contribua para um enfrentamento conjunto da Covid-19, unindo governo e a sociedade. O anúncio desta ação, que integra o programa Combate – de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus, foi feito por meio de uma live, transmitida diretamente da sede da Secretaria de Saúde e exibida nas redes sociais da Prefeitura.

Na oportunidade, o prefeito José Henriques fez um apelo à população para que não acredite e não repasse fakenews e ressaltou que, em Cataguases, a prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, vem realizando a vacinação contra a Covid-19 seguindo estritamente o Plano Nacional de Imunização.
Esse Plano prioriza, nesta primeira etapa, os profissionais de saúde que atendem aos pacientes portadores da Covid-19, bem como os servidores dos postos de saúde, da Policlínica, tudo isso para também garantir a retomada integral da prestação de serviços públicos de saúde à população nas demais
especialidades, cuja demanda vem se acumulando nos últimos meses.

O secretário Ricardo Mattos informou que até o final da tarde daquela quinta-feira, já tinham sido vacinadas 297 pessoas, sendo 100 delas do Asilo São Vicente de Paulo (70 internos e 30 cuidadores), 130 dos postos de saúde, 62 do Hospital de Cataguases e cinco do serviço de urgência SAMU. Ele também esclareceu que, por força de lei, o nome dos vacinados não
pode ser divulgado, mas os registros individualizados são lançados no SIPNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização), base de dados governo federal que é monitorado por servidores da Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde.

O titular da pasta da Saúde disse ainda que esse novo canal de aproximação
com a população, que será atualizado inclusive com novas transmissões ao vivo, foi trabalhado desde os primeiros dias da nova administração, com o propósito de levar a maior transparência possível das ações preventivas e
de enfrentamento à Covid-19, podendo agora contar com mais interação
com a população. Ricardo Mattos informou também que os boletins diários com atualização da Covid-19 serão mantidos.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE