PUBLICIDADE
Brasileiro do Estado Islâmico planejou atentado contra franceses no Rio, diz relatório
13/07/2016 13:25 em Terrorismo

- - Um ataque contra a delegação da França durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, que acontece em agosto no Rio de Janeiro, foi planejado por um membro brasileiro do grupo terrorista Estado Islâmico (EI). - - A informação consta de um relatório de oficiais de inteligência do governo francês divulgado nesta quarta-feira.

- - A informação foi passada pelo chefe da Direção de Inteligência Militar (DRM), general Christophe Gomart, durante uma audiência em 26 de maio na Comissão Parlamentar de Luta contra o Terrorismo que investiga os atentados de 2015 na França. - - O relatório da audiência, porém, só foi divulgado nesta quarta-feira no site da Assembleia Nacional.


- - Em declarações aos parlamentares, Gomart conversou com o deputado Georges Fenech sobre um membro brasileiro do Estado Islâmico que estaria prestes a "cometer atentados contra a delegação francesa nos Jogos".

- - De acordo com o jornal Liberation, esta parte do diálogo não deveria ter sido incluída no relatório divulgado hoje e que só aparece no documento por um erro de transcrição. Isso porque o relatório, assim como Gomart, não dão informações sobre a identidade do brasileiro, nem sua localização – provavelmente ele estaria fora do Brasil e pode já estar detido.

- - Diversos analistas afirmam que os Jogos Olímpicos podem ser uma oportunidade para atentados terroristas.

- - A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) elevou em abril o risco de ataque do Estado Islâmico durante as Olimpíadas, alegando que tem aumentado o número de cidadãos do país que se aliam ao grupo extremista. - - O ministro da Defesa do governo interino de Michel Temer, Raul Jungmann, também admitiu que o Estado Islâmico é uma preocupação.

- - Em 13 de novembro de 2015, o grupo terrorista cometeu uma série de atentados em Paris, que provocaram a morte de 130 pessoas. O episódio é considerado um dos mais sangrentos da história recente da França.

- - >
Segurança:

- - Na última terça-feira, 5, a Força Nacional de Segurança assumiu oficialmente a segurança das instalações olímpicas. - - Na quarta, 6, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciou que a cidade receberia mais três mil militares para reforçar a operação de segurança durante a Olimpíada.

- - Na ocasião, o ministro informou que o Brasil está em contato com agências de inteligência de mais de 90 países e que tem condições de identificar suspeitos que tentem entrar no país para cometer atentados terroristas ou outros crimes. - "Nenhuma dessas agência nos passou informe de ameaças", disse o ministro que também afirmou que a Aeronáutica está autorizada a derrubar aeronaves que entrem no perímetro de segurança de 5 milhas de distância das instalações olímpicas.

- - O efetivo das Forças Armadas em atuação no Rio chegará a 21 mil militares, sendo que seis mil já estavam na cidade na última semana. - - Outros 20 mil homens serão encarregados da segurança nas cinco capitais que receberão os jogos de futebol da Olimpíada: Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo.

- - - - - - - - - > Os Jogos Olímpicos do Rio serão realizados entre 3 e 21 de agosto.
 (Com agências)

 

- - - - - - - - >  Fernanda Borges/EM -  Postado em 13/07/2016 11:44 / Atualizado em 13/07/2016 11:46

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE