PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Pacientes do SUS terão acesso à radioterapia em até 60 dias
03/02/2018 10:40 em Cataguases-MG e Região

Dayana Vitor - 03/02/2018 - 10h15 - Brasilia-DF/Radioagência Nacional/Site EBC - A imagem da capa do site Multisom foi retirada de arquivos da internet

A radioterapia deverá ser oferecida a todos os pacientes do SUS - Sistema Único de Saúde - no prazo de 60 dias até o final 2019. Hoje, o Brasil já possui 243 aceleradores lineares, equipamentos responsáveis pelo tratamento, e até o final do ano que vem, serão 331.

 

A estimativa é que esses aparelhos conseguirão atender todos os pacientes que dependem do SUS. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira pelo Ministério da Saúde.

 

Para cumprir as metas de universalização da radioterapia, a pasta vai entregar ainda neste ano 25 aceleradores lineares em vários estados brasileiros.  No próximo ano, serão entregues outros 12 aparelhos. Além deles, 104 serão redistribuídos para garantir o tratamento necessário a pacientes com os mais variados tipos de câncer. O ministro Ricardo Barros, fala sobre a universalização do tratamento.

 

Cerca de 60% dos pacientes com câncer precisam da radioterapia em algum momento do seu tratamento contra a doença. Sendo a técnica uma das principais ferramentas de combate a alguns tipos de tumores, como esclarece o oncologista do INCA- Instituto Nacional do Câncer, Gélcio Mendes.

 

Em 2017, o SUS realizou mais de dez milhões de procedimentos radioterápicos. E até o final desse ano, o Brasil deve produzir o primeiro aparelho de radioterapia. Isso permitirá a aquisição mais rápida de equipamentos e uma troca mais ágil de peças quebradas.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE